Supere o Efeito Platô

Ola Pessoal, como é que vocês estão?!

Ontem fui passear com a Gi, fui pra Cannes de ônibus e la me encontrei com ela, de la fomos a St Raphaël, foi muito legal, ela é uma amiga querida (Beijos Gi).Cheguei em casa cansadérrima, cedo ja estava com sono…
Abaixo fotinhos, so não ME gostei na foto com a Gi, mas td bem, tinha que mostrar uma foto com ela, que sempre esta linda :) Na ultima foto, euzinha com roupas by SOLDES (hehehe).

Ajeitei o link de “Historia” e “Dicas”,ok?! Tbm linkei + blogueiras, se eu esqueci de alguém me lembrem!
ALAIDE !!!!!!! Não estou recebendo seus e-mails, me passa seu e-mail,ok?! Não sei pra que e-mail vc esta escrevendo.
OBRIGADA por estarem respondendo a “Enquete”, é importante saber a opinião de vocês, não deixem de votar,ok?!

Como me pediram, hoje colocarei um texto sobre o famoso “Platô”, sei que varias pessoas conhecem esse texto, mas faz bem relembrar e ajudar quem não conhece.

Supere o Efeito Platô

Peso estabilizado. Isso à primeira vista parece excelente, mas se está suando a camisa para esvaziar as células de gordura, isso é simplesmente desesperador e desestimulante.
Quem é que sente vitorioso em pesos absolutamente iguais durante semanas? Convenhamos, ninguém. Análises da alimentação são feitas e a disciplina de monge foi cumprida ponto a ponto. De quem é a culpa?

Nessa história não existe bandido nem mocinho. Simplesmente o seu organismo está se adaptando a uma situação a ele imposta. A estabilização do peso após um período de tempo é chamada de efeito Platô.

Eliminar peso resulta em mudanças na composição corporal. Uma é óbvia: redução da quantidade de gordura que está distribuída pelo corpo.A outra, muitas pessoas podem estranhar. Durante o emagrecimento ocorre a perda de massa magra ou músculo, mesmo que essa perda seja pequena.

A necessidade de energia que o organismo precisa para manter o peso varia de acordo com a composição corporal, ou seja, com a quantidade de massa magra e de gordura. Assim, é normal que uma pessoa que esteja diminuindo de peso atinja um patamar onde a quantidade de energia consumida não forneça mais o déficit calórico (energia consumida menor que a energia necessária para a manutenção de peso).

Parece complicado isso? Em poucas palavras, pessoas que apresentam excesso de peso necessitam de uma maior quantidade de energia para que o peso fique estabilizado. Assim, se a mesma pessoa começa a eliminar peso, a necessidade de energia para manter também vai diminuindo até que ela chegue à quantidade de energia que está sendo consumida para emagrecer. Resultado: estabilização do peso.

Para fugir do efeito Platô, algumas mudanças devem ser feitas:

- Revisão do plano alimentar e diminuição da quantidade calórica,
- Aumento da quantidade de exercícios. Se nesse ponto ainda não começou a se exercitar, é um bom momento para começar,
- Se já faz atividade física, converse com o professor de fitness. Talvez esteja na hora de mudar as séries de exercícios praticadas,
- Tenha uma alimentação variada. Saboreie diferentes alimentos para que não sinta privações,
- Mantenha-se estimulado sempre,
- Não perca a determinação. A estabilização é normal e é possível sair dela,
- Consulte sempre um nutricionista. Ele esclarecerá as suas dúvidas e mostrará o melhor caminho para voltar a eliminar peso,
- Não se sinta culpado. Nunca.

É importante enfatizar que não é recomendado iniciar um plano de redução de peso com uma alimentação extremamente restritiva. Quem não pensa que para emagrecer é necessário uma alimentação contendo 1200 Kcal? Isso é muito comum de se ouvir. Mas não é verdade. Pessoas não são iguais e uma recomendação pode variar entre elas. A pior notícia é que com o tempo, a restrição deverá ser aumentada. E quem se sente estimulado a ingerir 1000 Kcal, 800 Kcal diárias? E, nutricionalmente, não é recomendado.

Roberta Stella
Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP)

Cyberdiet

Teve uma época, quando iniciei o Vigilantes do Peso, que estava consumindo MENOS pontos do que eu necessitava, resultado?! Hora estava com peso estabilizado, hora o peso estava maior, então passei a consumir pelo menos o mínimo, e não adianta ficar a semana inteira consumindo só o mínimo, é bom variar um pouco a quantidade de pontos. ANOTAR é sempre importante, pra saber o que esta acontecendo de errado, deixem a preguiça de lado,heim?!?!

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e boa semana!!!

Fome incontrolável

Ola meu povo :)

Como vocês estão?!
Que bom que gostaram do novo designer do meu blog! Sei que pensaram que haveria uma grande mudança ou que eu estaria com 65 kg, mas o fechado pra reforma serviu para eu poder responder parte dos e-mails, visitar blogs e cuidar da minha vida pessoal tbm :)
Ontem fui passear em Antibes com duas amigas (Silvia e Andrea), fotinhos abaixo:

Viram que bota LINDA?! Rimos tanto…. e apelidamos de “Priscila” (da TV Colosso).
Mudando de assunto…. *rs*

Perguntaram como foi minha alimentação no periodo de emagrecimento…
Comecei diminuindo a quantidade da comida e evitando doces, frituras e comidas muito gordurosas. Depois comecei a seguir a reeducação dos Vigilantes do Peso (me dei super bem com ela). Qdo mudei pra França não sabia como adaptar a reeducação do VP com os alimentos aqui, ja que poucos são os produtos que contém as informações de fibra, então eu tentei a Dieta dos Pontos, mas não me dei bem com ela e logo larguei, resolvi comer de tudo, mas pouco, tbm deu certo, mas demorava mais pra eliminar peso. Então tentei novamente adaptar o VP aqui e consegui, desde agosto que eu voltei a reeducação dos Vigilantes e consegui voltar a eliminar peso.
Também me perguntaram como esta sendo minha alimentação agora… Durante a semana tenho seguido a reeducação do VP e nos finais de semana me permito comer outras coisas. Tenho procurado anotar sempre o que eu como, pois é muito importante, nos faz nao sair da reeducação, não escapulir.

Se tiver esquecido alguma pergunta me digam;ok?! :)

RESULTADO DA ENQUENTE:

Quanto a remédios para emagrecer…

1: Ja tomei no passado: 54,58% (143 votos);
2: Nunca tomei: 24,81% (65 votos);
3: Estou tomando: 13,74% (36 votos);
4: Penso em tomar: 6,87% (18 votos);

Adoro pesquisar textos para colocar para vocês e achei um que pode ajudar/interessar varias pessoas….

Fome incontrolável

Cada dia um número maior de pessoas deixa de lado a saúde e adota uma relação marcantemente perigosa com a comida. Saiba tudo o que há de mais novo sobre os piores distúrbios alimentares dos nossos dias

POR FABIANA GONÇALVES

O problema do emagrecimento e da beleza estética é tão sério que a Organização Mundial de Saúde estima que, atualmente, existam 180 milhões de obesos adultos no mundo. Esse número se torna significativamente maior se considerarmos os indivíduos com sobrepeso e que, por isso mesmo, apresentam um risco aumentado de responder presença em futuras listas de obesos. Esses pacientes travam uma batalha incessante com o próprio corpo.

Com depoimentos vivos desses “personagens”, a psiquiatra carioca Ana Beatriz Barbosa da Silva, especialista em Medicina do Comportamento, fala sobre a relação do ser humano com a comida em seu mais novo livro Mentes Insaciáveis*. Ela mostra como funcionam doenças como a anorexia, bulimia, transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP) e a própria obesidade. Focamos uma a uma. Na anorexia, a pessoa pára de comer, chegando à morte, se não houver tratamento.

Na bulimia, os alimentos consumidos com exagero são expelidos por meio de vômito autoprovocado ou uso de laxantes. No TCAP, a vítima sofre com episódios de descontrole alimentar, que começam com ingestão pesada e desenfreada de alimentos e terminam com um imenso sentimento de culpa que geram auto-reprovação e até depressão. Tudo ou nada Ana Beatriz revela que pessoas com Transtornos da Compulsão Alimentar Periódica tendem a apresentar um perfil que é só delas. Tudo é analisado em extremos opostos, sem meio-termo.

Assim, uma pequena falha no controle do cardápio, como, por exemplo, comer duas fatias de pão em vez de uma, como previsto, é interpretada como perda total do controle. A partir daí, comer o pacote inteiro de pão torna-se um pecado idêntico ao de comer duas fatias. “Este pensamento induz à compulsão”, explica Beatriz. “Antes de fazer qualquer diagnóstico precoce, porém, é preciso confirmar se esse comportamento se repete pelo menos duas vezes por semana, por um período de seis meses”, esclarece a médica. “Para o paciente com TCAP, comer é um momento de prazer ou, porque não dizer, o maior da vida deles. É um vício e, como todo vício, uma doença mental”.

Como controlar a compulsão:

Esse prazer incontrolável que a comida traz é causado, de acordo com a psiquiatra, “pela baixa produção de dopamina, um neurotransmissor liberado pelo cérebro. E que causa a sensação de prazer. Nesses casos, o cérebro funciona avisando que só a alimentação é capaz de trazer essa sensação”, afirma a psiquiatra. Para ela, os tratamentos realizados com substâncias consideradas “anticompulsão”, estimulam o cérebro a fabricar dopamina, fazendo com que a pessoa se sinta saciada, sem buscar no garfo essa satisfação.

“A medicação é indicada tanto para a bulimia como para a TCAP. A diferença é que, no primeiro caso, é utilizada apenas no período inicial do tratamento. Para os transtornos compulsivos periódicos, o ideal é que o remédio seja prescrito por um período mais longo, até a adequação de outras atividades e hábitos que tragam o bem-estar, independente do ato de comer”, assevera. “O exercício físico pode ser um excelente caminho, desde que haja uma modalidade que dê prazer à pessoa”, diz a especialista. Entre as substâncias que vencem a compulsão, destacam-se o topiramato, a lacrimogina e a gabapentina, de nome complicado, mas eficazes.

“Elas foram pesquisadas e eram indicadas, inicialmente, para o controle das convulsões em pacientes epiléticos. Nos últimos anos, porém, alguns desses medicamentos têm mostrado bons resultados no sentido de diminuir a compulsão e o aumento da saciedade”, atesta. “No decorrer das pesquisas, foi observado que os pacientes apresentaram perda de peso. Isso foi suficiente para que o topiramato passasse a ser estudado para a utilização em obesos, pessoas com sobrepeso e com ataques periódicos de compulsão alimentar.

E, de fato, aplicado no controle da compulsão, trouxe excelentes resultados”, afirma. A médica lembra que, por muito tempo, apenas as substâncias antidepressivas eram utilizadas nos tratamentos de TCAP. Elas controlavam a ansiedade, mas não reduziam a compulsão. “Além disso, a fluoxetina e outros antidepressivos, mostraram que, com eles, o efeito indutor da saciedade funcionava por tempo limitado. Ou seja, eles apresentavam uma eficiência significativa, mas que ia se reduzindo e tendia a anular-se em, no máximo, seis meses”, assegura. “Portanto, os novos tratamentos, que vencem a compulsão, são melhores”.

Diferenças básicas:

Confira as características específicas da anorexia, da bulimia e da compulsão alimentar

Revista Dieta Ja!

RECADO: Alaide, não recebi NENHUM e-mail teu, para qual e-mail você esta enviando?!
RECADO II: Tive que diminuir a fonte de novo, não estava gostando de ver LETRONAS, estava incomodada,desculpem-me.

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e boa semana!!!

IMAGENS E PERFEIÇÃO

Ola Pessoal, estou de volta :)

Estava com saudades de escrever no meu blog, pra mim faz muita falta.
Tentei visitar todas e respondi alguns e-mails, mas realmente é muito dificil atender à todas as pessoas, eu gosto de ajudar, mas não da como eu gostaria.
Coloquei uma sessão chamada “Cardapio”, com o que eu costumo comer, ja que me perguntam sempre, tbm aumentei o tamanho da fonte como sempre me pediam, espero que agora consigam ler (risos). Ainda tem umas coisinhas pra ajeitar, mas é pouca coisa :)
Se deixei de linkar alguém, por favor, me diz que o farei em breve,ok?!
Roubei um texto do blog da Marilu, espero que ela não fique brava comigo (risos).

IMAGENS E PERFEIÇÃO

Todos os dias somos bombardeados por imagens de pessoas sorridentes que exibem corpos perfeitos e nos parecem totalmente realizadas.

Estas imagens acabam por nos convencer de que um corpo esbelto é item fundamental para o alcance da felicidade.
Surgem, então, pressões para que conquistemos a perfeição da forma corporal bem como uma atitude de recriminação contra todos aqueles que não estão de acordo com os padrões estéticos estabelecidos.
Para muitos obesos, estas pressões sociais que provêm do meio externo, acabam sendo internalizadas e dão origem ao sentimento de não aceitação do próprio corpo.
Reconhecer que sua forma física não é de seu agrado e escolher mudá-la é um direito seu. Entretanto, muitos indivíduos rejeitam o próprio corpo não apenas com base em sua avaliação pessoal, mas sim devido às pressões sociais que recaem sobre eles. Começam, então, a desejar um corpo escultural e a sonhar com uma imagem que não leva em conta sua constituição genética e suas formas naturais.
Estas expectativas irrealistas aumentam enormemente as chances de frustração frente aos resultados obtidos nos programas de emagrecimento, visto que estes não são capazes de transformar pessoas em semi-deuses.
Em muitos casos esta situação conduz ao abandono do tratamento da obesidade, visto que a pessoa está tão obcecada com os ideais de perfeição que não consegue reconhecer a importância dos avanços obtidos durante o emagrecimento gradual.
Quanto mais o indivíduo aceita os ideais estéticos veiculados pela mídia, menos ele consegue avaliar as qualidades e defeitos de seu próprio corpo de maneira coerente e realista. Saber reconhecer os pontos fortes e fracos de nossa aparência é fundamental para que possamos considerar o que precisa ser mudado e o que deve ser exibido com orgulho em nosso corpo.
Desenvolver uma atitude crítica frente às pressões sociais é a chave para o alcance de um maior grau de aceitação frente ao que cada um realmente é. Esta atitude nos liberta das convenções e nos torna senhores de nossos corpos, permitindo-nos decidir o que fazer com a imagem que carregamos.

Coluna assinada por:
Flávia Leão Fernandes

Aproveito para responder algumas perguntas.

* Exercicios:

- No inicio do meu emagrecimento fiz ergometria por 1 mês e meio mais ou menos, depois por problemas no joelho tive que parar. Ja aqui na França caminhava na praia durante um periodo e ha 3 meses pelo menos pratico bicicleta ergométrica. Preciso voltar aos exercicios localizados e abdominais.

* Flacidez:

- Tenho flacidez nas coxas, que sempre foi meu maior problema, minha maior chateação, mas acredito que praticando exercicios ela ficara melhor.

* Estrias:

- Ja havia falado sobre isso aqui antes, mas como tem pessoas novas ou que não leram… O que mais tenho são estrias, se eu for ligar pra isso eu morro de depressão. Comecei a ter estrias desde 11/12 anos devido a fase de crescimento, e com 3 grandes emagrecimentos nao tem como nao tê-las, principalmente pq so no segundo emagrecimento pratiquei bastante exercicios. Se é feio? é , mas não vou deixar de viver ou sair por causa disso, ja foi época de eu deixar de usar certas roupas por causa disso. Cansei de deixar de viver por medo ou vergonha.

* Rémedios:

- Nunca tomei remédios para emagrecer, respeito quem usa, mas eu sou a favor do método natural, onde se emagrece “sozinho” e sem gastar qualquer dinheiro. Conheço pessoas que ficaram viciadas neles e que hoje em dia so emagrece se tomar remédio, não quero isso pra mim.

* Cirurgia reparadora:

- Nunca fiz, não sou contra quem faz, se eu tivesse dinheiro e se eu sentisse segurança eu faria, mas devido a tudo isso prefiro apelar novamente para os métodos naturais: exercicios, boa alimentaçao, agua, cremes…

Sabe, o mais importante eu ja consegui, que é emagrecer, me sentir bem. Não me canso tão facilmente como antigamente, tenho mais disposição e mais saude, o que vier a mais é simplesmente “LUCRO”, não vou ficar triste e nem depressiva pq não tenho “Corpão” igual de atriz tal, modelo tal… Claro que gostaria de ter esse corpão e o que eu puder fazer pra melhorar eu farei, dentro dos meus limites, so não quero ficar “bitolada” nisto, achando que isso é o mais importante, pq não é. Torço para que se preocupem principalmente com a saude e o bem estar, o “resto” sera sempre lucro :)

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e boa semana!!!

FECHADO PRA REFORMA! VOLTO EM BREVE :)

FECHADO PRA REFORMA! VOLTO EM BREVE :)

Força de vontade: acione o botão!

Ola Queridas(os), como é que vocês estão?!

OBRIGADA por todos os comentarios, pelos elogios :). Eu e meu marido adoramos o meu corte e tbm achamos que eu fiquei parecendo mais nova :)
Engraçado foi qdo eu mostrei a foto do corte para a cabelereira, ela olhou com uma cara (risos), dai enquanto ela lavava meu cabelo meu marido contou pra ela que eu emagreci 18 kg no ultimo ano e 40 kg em quase 2 anos, dai ela perguntou se era por causa de gravidez que eu emagreci tanto (de ter engordado na gravidez), ele disse que não. Para vocês verem como não é comum as pessoas serem gordinhas aqui que ela pensou que fosse por causa de gravidez (risos). Dai ele contou que eu ja tinha feito uma dieta restritiva e tinha emagrecido 36 kg em poucos meses, mas que voltei a engordar e fiz uma reeducação e emagreci em mais tempo e por isso queria mudar o visual… Achei legal ele falar essas coisas! :) Dai qdo sentei na cadeira ela disse:”Tem certeza?!”, eu respondi:”OUI”.
Abaixo fotos minhas em Fortaleza em fevereiro de 2002, eu fiquei boba qdo eu revi essas fotos, achei legal coloca-las pq estava com o cabelo curto, pra vcs verem a diferença de cabelo curto com os dois corpos diferentes!

A pessoa que assinou como “Nega” pediu desculpas e claro, EU ACEITO!!! Sei que nem todo mundo fala por mal, mas sempre temos que pensar como falar com a outra pessoa, pq dependendo de como fala se leva pro outro lado. Não estamos aqui pra prejudicar ninguém, somos um grupo de pessoas buscando ajuda e querendo ajudar,não é verdade?!
Achei um reportagem legal sobre “Força de Vontade”, dividirei com vcs :)

Força de vontade: acione o botão!
Quem diria: a garra, a disciplina e a persistência para se transformar naquela garota que consegue tudo o que quer estão bem aí, dentro de você. Aprenda os três passos para ativar a sua determinação de uma vez por todas.
por Débora Lublinski | fotos Luciana Cristovan

Tenho duas notícias para dar – uma boa, outra ruim. A má primeiro? Então, puxe uma cadeira e seja forte: infelizmente, força de vontade não está à venda. Não é encontrada em loja de produtos importados nem dá para comprá-la por telefone, no estilo das propagandas milagrosas. Quem dera fosse assim! Por isso, se você deseja realizar um sonho – afinar suas medidas, manter uma rotina de exercícios para nocautear a flacidez ou conquistar aquele emprego espetacular -, isso depende só, única e exclusivamente de você! “Não dá para ser emagrecida pelo regime da moda nem ser transformada pelo endocrinologista famoso. Eles até mostram o caminho, são coadjuvantes, mas quem quer alguma coisa tem de protagonizar um papel ativo e colocar a mão na massa!”, avisa Marco Antonio de Tommaso, psicólogo e consultor do fórum Clube da Gordinha do site de BOA FORMA.

Agora vamos as boas novas, pois elas são bem mais acolhedoras: todo mundo nasce com determinação de sobra. Essa característica não é apenas um dom de algumas pessoas cheias de sorte. Só que a gente vai perdendo a capacidade de acreditar em nós mesmas ao longo da vida por conta das frustrações naturais que sempre acontecem e do desânimo que elas causam. Isso acaba rendendo um discurso muito pouco construtivo, que vem acompanhado pelo baixo-astral: “Eu não vou conseguir”; “Não vai dar certo”; “Eu não sei fazer”… Por isso, antes de entoar aos quatro cantos do mundo que não tem força de vontade para nada, saiba a opinião de Fátima Martelli, psicóloga da Hexel, empresa de São Paulo que presta consultoria na contratação de funcionários. “O ser humano tem flexibilidade e capacidade de aprendizado para levar adiante todos os seus projetos. Disciplina, paciência e persistência são competências que podem, sim, ser estimuladas”, afirma. E é isso o que você vai descobrir aqui seguindo os três passos fundamentais para ativar a força de vontade que já existe dentro de você.

Passo 1
aprenda a respeitar o tempo
Você precisa marcar um encontro com uma amiga, manda um mensagem via messenger e, pronto, o recado está dado em questão de segundos. Se fosse por telefone, também não demoraria mais do que isso. Um outro exemplo: se a fome bate, basta colocar uma lasanha no microondas para devorá-la em cerca de três minutinhos. “Vivemos numa época de alta velocidade e, por isso, queremos resultados rápidos, quase instantâneos”, diz Mário Sérgio Cortella, professor da Pontíficia Universidade Católica (PUC). Como é assim que a vida moderna acontece, o que demora um pouco mais causa impaciência ou frustração – e isso dá a sensação de incapacidade ou de que você não tem força de vontade suficiente para cumprir tal tarefa. Não é à toa que muitas mulheres recorrem a uma cirurgia plástica para modelar o corpo em vez de suar a camiseta na academia. Só que nem tudo funciona assim (emagrecer inclusive!). “Querer tudo agora, neste exato instante, impede o amadurecimento da noção de processo, de evolução. Atingir qualquer objetivo requer planejamento, cumprimento de etapas, avaliação do que foi realizado, reflexão e retomada”, explica. Vá com calma e estabeleça metas passo a passo, pois é impossível chegar ao final do percurso sem percorrer antes o caminho todo.

Passo 2
substitua sacrifício por prazer
Só de falar em força de vontade, já dá a idéia de que o projeto é muito difícil de ser levado adiante. Você imagina que terá de fazer um esforço sobrenatural para conquistar um sonho antes mesmo de ter tentado! Sabe criança que diz não gostar de chuchu sem nunca ter provado o vegetal? Para não cair na cilada do medo do desconhecido, tire proveito do poder das palavras e substitua pensamentos negativos por positivos. “A maior motivação está no prazer. Quando você entende que determinada ação é para o seu próprio bem fica mais fácil sustentá-la”, sugere Patrícia Vieira de Andrade, master em neurolingüística e pós-graduada em neuropsicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Por isso, troque o termo força de vontade por boa vontade ­- simplesmente você a favor do seu desejo. No lugar de lembrar do esforço de ter de passar creme anti-rugas no rosto toda noite, pense no cuidado e no carinho com a pele. Se tiver que fazer o sacrifício de cortar as delícias do cardápio, antecipe o prazer em ter um corpo mais bonito.

Passo 3
celebre as pequenas conquistas
Você decidiu radicalizar e na primeira semana de zíper na boca tudo correu às mil maravilhas. Só que depois de algum tempo, aquele pique inicial se transformou em puro fogo de palha e foi sumindo, sumindo, sumindo… Por maior que seja a disciplina, não há quem agüente perseguir uma meta irreal. Convenhamos, quem faz o tipo violão jamais terá as pernas finas de uma top model e persistir nessa batalha vai apenas gerar uma falsa sensação de fracasso. Nesse caso, ajustar o sonho à sua realidade é providência primordial para o seu projeto dar certo. Outra medida importantíssima para não perder a motivação pelo meio do caminho é celebrar cada etapa conquistada. Em vez de voltar a atenção para o que deu errado, compute o seu sucesso: faça um bolinha azul na agenda no dia que recusou a sobremesa ou bateu ponto na aula de localizada. No final do mês, uma seqüência de páginas marcadas em azul é o estímulo que você precisava para conquistar mais uma etapa. Nem todo dia foi nota 10? Tudo bem, força de vontade não significa invulnerabilidade. Tropeçou, levante, pois com o erro você tem a chance de aprender e fazer novamente do jeito certo.

Sem medo de arriscar
“Quando saí do interior para morar em São Paulo, tinha um objetivo claro: cursar a faculdade de fisioterapia e ser uma ótima profissional. Morei nos fundos da casa de parentes, chorei de saudades da família, gastei muita sola de sapato atrás de um emprego para pagar gastos com alimentação e transporte. Diante de tantos problemas, a ansiedade e a tristeza quase tomaram conta da minha vontade de vencer. Com esse turbilhão de emoções acontecendo, também pulei dos 57 para os 70 quilos. Nenhuma roupa me servia e, por isso, ficava em casa, sem conhecer amigos nem lugares novos. Minha mãe chegou até a me dizer para jogar tudo para o alto e voltar para casa. Que decepção! Desistir de tudo o que sempre quis? Foi nesse momento que acordei – percebi que para dar um grande passo é preciso superar o medo, enfrentar os desafios e arcar com as conseqüências. Resolvi aceitar a sugestão da minha tia de prestar um concurso na polícia militar. Com a nova função, passei a me exercitar duas vezes por semana na academia da corporação. Corria e fazia um circuito com abdominais e flexões de braço. Nos finais de semana, caminhava perto de casa. Aos poucos, voltei ao meu peso e tive que trocar a numeração da minha farda. Amadureci muito nesse período e aprendi que enfrentar obstáculos é natural para quem, como eu, está disposto a mudar o rumo da vida
Raquel Pelichek da Silva, 21 anos, estudante de fisioterapia .”

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e boa semana!

Cortei o cabelo!

Ola Queridas(os), como é que vocês estão?!

Obrigada pelos comentarios e pelo carinho de todas as pessoas, espero nunca mais ter que falar sobre esse assunto.
Quando coloquei aquela foto do niver do meu marido este ano eu falei que não estava bem, não saiu legal, eu não devia ter colocado ela aqui (ja apaguei inclusive). Estou séria, não podia abrir a boca pra sorrir, estava com dor (lembrando que eu tinha tirado o siso ha pouco tempo), então tinham que dar desconto, não podem se basear em UMA foto que viram! Como eu disse, entendo a preocupação, e aceito criticas,viu? Fiquei chateada pq nunca recebi comentario de elogio das tais pessoas e elas entram pra falar essas coisas?! Ja levei varios puxoes de orelha da minha amiga Beth e aceitei, mas ela sabe como falar e não vem aqui so pra falar essas coisas,vem pra me dar dicas, me dar apoio, foi ISSO que eu não gostei.
Sei até onde devo ir, não estou doente e nem bitolada, so quero chegar aos 65 kg. Nunca disse que 65 kg era meu peso ideal, é o peso que eu gostaria.
Então…. MEU NOVO CORTE, o que acharam?!?! Não foi nem o da Claudia Abreu e nem o da Sandy, mas foi mais pra Claudia Abreu,né?! Quis mudar mesmo o visual, eu adorei, meu marido e amigos tbm.

OBRIGADA pelas pessoas que me forneceram os codigos pra ver as revistas, vcs são uns amores.
Neste domingo fui passear em Mônaco (novamente), com a Ju e o Samuel (ele ainda não conhecia), experimentei a nova salada do McDonalds, com atum,ovo,azeitona preta,tomate,cenoura,alface… Muito gostosa!
Nesta segunda recomeço minha alimentaçao normal,volto a fazer bicicleta, tomar cha verde… :)
Ah, descobri que a dentista não tirou toda a linha dos pontos, ainda tem linha aqui e vou voltar pra tirar, ai,ai… ainda não esta 100%,mas melhorou bastante,graças a Deus.
Queria deixar um BEIJO pra minha amiga Giselli (França), que lê meu blog de vez em quando. Obrigada Gi por me visitar :)

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e boa semana!

Chateada

Ola Queridas(os), como é que vocês estão?!

Eu estou chateada, ja no primeiro comentario eu não tinha gostado, agora apareceu outro e eu resolvi falar sobre isso… Uma pessoa deixou um comentario dizendo que eu não estou bonita, que não estou com brilho nos olhos… Hoje uma diz que estou parecendo anorexica, não gostei mesmo. Tenho 1,76 de altura, meu peso tem variando entre 65.800 kg e 67.600 kg, não estou com nenhum peso super pequeno. Acho que cada um deve ficar com o peso que deseja, com o peso que se sentir melhor. Não é nada escandaloso querer chegar aos 65 kg, se eu quisesse chegar aos 60 kg eu até entenderia o que falaram. Agradeço o carinho das pessoas que realmente se preocupam comigo, eu sei que nem todas as pessoas falam por mal, mas são pessoas que estão sempre por perto. Nunca tinha recebido nenhum comentario de alguem chamado “Nega” e a outra que assinou como “Rita”, não costumo receber comentario de nenhuma Rita.
Perdi até a vontade de postar as novidades e as fotos pra mostrar o novo corte, fica pra outro dia…
Quando eu era gorda me enchiam dizendo que eu estava gorda e agora que estou no peso que eu quis chegar e me sinto bem dizem que estou anorexica e feia?!
Sem comentarios….

Comprinhas…novas roupas!

Ola Queridas(os), como é que vocês estão?!

Meu siso melhorou bastante, digamos que 90%, ontem a noite voltei a comer “comida” de verdade. Por causa disso algumas coisas estragaram, detesto isso, mas não tinha como eu comer :( . Vou fazer compras e voltar a minha reeducação. Pior que eu estava adorando tomar sopa, era uma opção para a noite, mas depois de ficar tomando sopa nao sei qtos dias direto enjoei de todas – ECA! Hahahaha
Quanto ao cabelo, perguntei alguns amigos, familiares tbm, esta bem dividido. Pretendo cortar o cabelo amanhã, dai vcs saberão o resultado :) . OBRIGADA mesmo por todas as opiniões. Pena que nem todas as pessoas opinaram :(
Deixa eu contar uma coisa pra vcs, ha 1 semana atras recebi uma encomenda-surpresa de uma amiga que fiz pela internet (por causa da minha paixão pela Hello Kitty e por Papeis de Carta), a caixa estava toda encapada de Hello Kitty, a caixa em si é da Betty Boop (linda!!!), sabe o que tinha dentro?! Uma caneca (adoro caneca) e um cartão da Hello Kitty e “so” 3 kg de chocolate (risos), tem de tudo que se possa imaginar. Tem chocolate pro ano inteiro… ela enviou meu preferido que é o charge e varios outros deliciosos, mas CALMA, não vou devorar todos, estou me sentindo bem controlada qto a isso, graças a Deus. Como não estava podendo comer, estão todos fechados ainda.

Algumas pessoas perguntaram como faz pra colocar a tabelinha de peso ao lado. Eu copio a parte de HTML do blog no Dreamweaver (programa pra fazer sites) e faço por la. Diretamente do blog tem que saber um pouco de html.
Qto as compras no SOLDE, achei coisas bem baratas, algumas blusas e calça por 5 Euros (menos de R$15.00), como vivo com o Euro, tenho que pensar sempre em Euro, somo se 5 Euros fossem R$5.00 (de 1 pra 1). Eu fiquei juntando dinheiro e usando roupa larga um tempão, mas valeu a pena, agora tenho que fazer uma arrumação nas roupas, doar algumas, outras vou guardar para apertar no Brasil, outras pra dar pra minha irmã (que é gordinha), e colocar as novas no armario. Comprei calça jeans, calça esporte, calça social, saia, blusas pra sair, blusas de frio, gorro, cachicol, calcinha e …. 3 VESTIDOS, lindos!! Um deles pra sair a noite, lilas, de cetim com laço (adoro roupa assim), depois mostro as fotos pra vcs!!! Fiquei TAO FELIZ, que sensação MARAVILHOSA!!! Entrar em praticamente todas as roupas que experimentei, tinha roupa que eu tinha que trocar por numero menor, outras que eu gostei, mas que so tinha tamanho grande, realmente engraçado estar do outro lado da situação. Blusas eu visto 38/40 (numeraçao francesa) e calças 40/42 (numeração francesa), o ruim é que a maioria fica larga na cintura, quem manda eu ter bastante coxa e culote :( . Falando nisso…. Eliminei 1 cm de coxa, agora 56 cm (- 22 cm) e 3 cm de cintura , agora 69 cm (- 32 cm), so tirei medida desses dois lugares.
AJUDA: SE alguém que assina a Boa Forma, Corpo a Corpo e Dieta Ja puder compartilhar comigo seu codigo de assinante vou ficar muito grata, prometo nao passar pra ninguém. Pra mim fica dificil assinar ou comprar, sai caro, e eu adoraria ler as reportagens!!! Qualquer coisa meu e-mail : luexgordinha@yahoo.com.br . Senha de revista comprada na banca não adianta, nao da pra ler tudo :(
Emagreçam!!!! É tão gostoso entrar em tudo, usar roupas que entram com facilidade, é um prazer sem igual, maior que qualquer chocolate, garanto isso. NUNCA mais volto a engordar, meu estômago e consciência não deixam.

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e bom final de semana!!!

Qual o melhor corte de cabelo?

Ola Queridas(os), como é que vocês estão?!

Ontem fui tirar os pontos e… doeu (risos), so comigo mesma! So tenho conseguido ficar sem dor a base de remédio, qdo começa a passar o efeito…. Para dormir é a pior parte, doi e durmo mal. A dentista passou outros remédios e disse que se não melhorar voltar na semana que vem.
Aproveitei e fui olhar as lojas antes dos soldes, cada coisa…. blusa de 37,90 Euros, que vai ter 70% de desconto em cima, casaquinho lindo por 7 Euros, la vou eu ja ja… OBAAAAAAAAA!!!! :)
Meu novo peso desde ontem é : 65.800 kg !!! :)
Confesso que ontem fui ao McDonalds com a Ju e não comi salada, comi batata-frita pequena, milkshake pequeno de morango e iogurte com frutas vermelhas, ja eram umas 17h e eu não tinha almoçado, a noite ja comi melhor, graças a Deus e o peso continua o mesmo.
Queria uma ajuda de vocês, sei que MUITA gente não comenta, mas se puderem comentar me ajudando eu agradeceria. Quero cortar o cabelo igual a um dos “modelos” abaixo, qual vocês acham que seria melhor pra mim?!

Continuação da reportagem…

“Dietas da estação

À medida que vai chegando o verão, o número dessas poções mágicas vai aumentando. Há as dietas milagrosas, as dietas radicais, há aquelas que permitem tudo, as que proíbem tudo, aquelas que sobrevivem apenas aquele verão.
Essas são as chamadas dietas de estação, que aparecem num ano e desaparecem no outro. Eu e minha equipe acompanhamos os regimes que aparecem ou apareceram na mídia e constatamos que a sobrevida da maioria deles não passa de cinco anos. Chegam, anunciam seus milagres, arrebanham seguidores, depois desaparecem.
Nestes últimos dias, a Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, proibiu a venda de dezenas de produtos que estavam no mercado anunciando o milagre do emagrecimento. O fato é que medidas radicais para emagrecer rapidamente podem até levar a uma perda de peso nos primeiros dias, mas na maioria dos casos esse emagrecimento é temporário, pois foi resultado de uma alteração brusca na composição alimentar que causa perda de água do corpo e não gordura. Tão logo a alimentação normal seja retomada, esse líquido perdido retorna, trazendo o peso de volta.
Além disso, um dos grandes fracassos dessas dietas está na falta de saciedade e boa nutrição, o que faz com que as pessoas passem fome e saiam muitas vezes desses regimes extremamente debilitadas, anêmicas ou com outra doença provocada por deficiência nutricional. Outro problema, é que a grande maioria passa muito longe do tão importante processo de reeducação alimentar, que garantirá a manutenção futura do peso adequado.
É consenso entre os especialistas que uma dieta saudável que estimule a perda constante de peso deve prover todos os nutrientes de que o corpo necessita. A dieta deve basear-se em alimentos nutritivos, porém de baixas calorias, deve ter capacidade de proporcionar saciedade e deve estar aliada a um programa de reeducação alimentar.
Sou professora titular de nutrição na ESALQ-USP, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiróz, há vinte anos eu e minha equipe dedicamos anos pesquisando uma fórmula que permitisse um emagrecimento saudável, sem agressão ao organismo e sem o sofrimento imposto pela maioria das dietas da moda.

Mudança de hábito

A primeira constatação foi que a perda de peso exigia uma mudança de hábito. Era preciso que o obeso compreendesse que sua participação nesse processo era fundamental. Ele precisava entender e aceitar que fazer exercícios era uma forma de ajudar a perder peso ao mesmo tempo que reduzia sua ansiedade e aumentava sua disposição para continuar com o programa proposto.
Mas era preciso também que sua alimentação fosse a mais equilibrada, de forma que se sentisse saciado e seu organismo alimentado, com a menor quantidade de calorias possível. Era preciso desenvolver um alimento que oferecesse todas essas coisas, e foi isso que fizemos.

Buscando uma fórmula

Depois de anos de pesquisa, reunimos num único complemento alimentar, cereais, leguminosas e oleaginosas como a aveia, a soja, germe de trigo, gergelim, castanha de caju. Todos são ricos em carboidratos complexos, fibras insolúveis e solúveis, proteínas, vitaminas, minerais, além de gorduras mono e poliinsaturadas.
Desde então, o alimento, inserido num plano alimentar de baixa caloria, tem ajudado milhares de pessoas a perderem peso com saúde, e o que é mais importante, conservar este peso para o resto da vida. Nossa proposta para a perda de peso não é uma fórmula mágica que vem embalada em kits emagrecedores.
O princípio do complemento alimentar elaborado é a reeducação alimentar, e esse é o programa que estamos desenvolvendo nos últimos quinze anos. Diante da nossa prática de laboratório, e do longo contato com as pessoas que querem emagrecer e que usaram esse complemento, nossa conclusão é a seguinte: a melhor forma para se perder peso não são regimes de fome e de sofrimento, mas a adoção de um programa de reeducação alimentar. Se possível, auxiliado por um suplemento alimentar que complemente os pratos do dia-a-dia.
Concluímos dizendo que o emagrecimento com bom senso, respeitando o ritmo corporal resulta em perda de gordura, com consequente redução da celulite, melhora dos contornos corporais e promoção da saúde. É importante emagrecer e principalmente manter o peso e isso somente se torna possível com exercícios físicos e com a reeducação alimentar, ou seja, se aprendermos o que, como e quanto comer.

Jocelem Salgado”

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e beijocas

Por que os regimes de fome não fazem perder peso?

Ola Queridas(os), como é que vocês estão?!

Essa noite foi bem ruim para mim, senti muita dor, agora não tanto no lugar onde tirei o siso, mas na articulação proximo ao ouvido. Agora a tarde estou melhor, não 100%. Amanhã vou tirar os pontos e aproveito para ver o que aconteceu para essas dores, mas agora chega de falar do meu siso (risos), vocês ja devem estar cansadas de ouvir isso.
Separei umas fotos do aniversario do meu marido de 2004,2005 e 2006 (que estou péssima, mas foi a unica minha sozinha). Fiquei impressionada com o tamanho da minha barriga,braços,bumbum (risos),rosto.

2004: 106,500 Kg

2005: 81 Kg

2006: 66,600 Kg

EDITADO – SEM FOTO!!!

Meninas (os), a pressa é inimiga da perfeição, emagreçam devagar, com saude, aprendendo a se alimentar. Não vou dizer para vocês que durante meu processo de emagrecimento não pensei em fazer alguma coisa para acelerar meu emagrecimento, isso é muito normal de se pensar. Pensei em tomar cha da Herbalife ou fazer a Dieta de South Beach, mas depois de pesquisar e pensar eu desisti, pq não posso ficar tomando cha da herbalife pro resto da vida, tbm não posso deixar de comer alimentos importantes pra mim. Aos poucos fui me aquietando e conseguindo emagrecer, hoje estou ha 1 Kg da minha ULTIMA meta (HJ o ponteiro da balança marcou 66 Kg).
Todas as outras vezes que tentei emagrecer usando métodos “errados” eu engordei TUDO de novo, agora eu tenho certeza que sera para sempre… Não é facil manter, mas depois que a gente aprende é muito mais facil. Vocês tem 2006 todo praticamente para emagrecer, não precisam emagrecer em 1 mês, dois meses, 4 meses…

Achei uma reportagem legal falando sobre isso e vou colocar em duas partes pq ela é grande.

Por que os regimes de fome não fazem perder peso?
Jocelem Salgado

Buscando uma fórmula

Apesar dos dias ensolarados, muita gente só vai se preocupar com o corpo quando o verão se aproximar. Na última hora, irão se submeter a regimes de fome, tentando perder em algumas semanas os quilos de um ano inteiro. São práticas que não fazem bem nem para o corpo, nem para o espírito.
Como especialista em nutrição, quero alertar para os perigos dessas soluções que só trazem frustrações e perigos. Os regimes de fome e os regimes da moda não fazem perder peso. O que faz perder peso é uma reeducação alimentar apoiada por complementos alimentares devidamente pesquisados. As necessidades e as características de cada um precisam ser respeitadas. Do contrário, não haverá emagrecimento, só haverá frustração.
Temos de começar agora a cuidar das formas que queremos ter e queremos exibir no verão. Ou melhor, não deveríamos deixar de cuidar desse corpo em nenhum momento do ano. E não apenas em nome das suas formas e do seu bronzeado, mas especialmente pela saúde que o corpo revela.

Anjos emagrecedores

Temos que fugir das dietas de última hora, que prometem tudo e não resolvem nada. Uma das formas de escapar dessa tirania é começar a cuidar de nós muito antes do verão, de preferência cuidar o ano inteiro.
Temos que fugir da tentação desses diabos que procuram nos enganar, vestidos de anjos emagrecedores. É muito provável que muitos de nós não cumprimos as promessas de reduzir as massas e as carnes gordas, de cortar os sorvetes, diminuir as garrafas de cerveja. Mas nem por isso vamos ter agora que pagar com um regime de crueldade, onde seremos tratados a folhas de alface e queijo branco desnatado, associados a comprimidos que nos tiram o apetite e nos deixam com os nervos à flor da pele.

Perigos

É preciso começar separando os objetivos e as condições. Tem um universo de pessoas que quer apenas perder uns quilos para entrar no mesmo biquini (ou no mesmo calção) que vestiu no ano passado. E tem outro universo de pessoas cujo sobrepeso ou obesidade não apenas incomoda na hora de vestir uma roupa, mas também, e sobretudo, já está trazendo ou pode trazer problemas de saúde.
O peso elevado aumenta a pressão arterial, mantém as gorduras do sangue aumentadas, eleva o risco do diabetes. Somados, esses fatores multiplicam o perigo das doenças cardiovasculares. Além de incomodar os movimentos, deixar os passos mais lentos e roubar muito da elegância que cada um de nós cultiva.

Obesidade

Diagnosticado o problema, a solução é enfrentá-lo. Se você se sente gordo, ou se classifica acima do peso, a primeira atitude é reconhecer o fato. A segunda é pensar na melhor solução para você. Há uma infinidade de receitas e dezenas de sites na internet tentando ensinar você a perder peso. A questão é que nenhum deles, ou a grande maioria deles, respeita as suas necessidades e dificuldades, nem considera os seus limites.
Há os grandes obesos, chamados impropriamente de obesos mórbidos, que necessitam de uma cirurgia ou de um artifício que reduza o tamanho do estômago, de forma que sua vontade de comer seja limitada pelo tamanho da cavidade desse estômago. Encheu esse espaço, passou a vontade.
Felizmente, a grande maioria dos que se debatem com o excesso de peso está abaixo dessa faixa, e necessita apenas reaprender a comer. Mas é justamente nessa faixa de pessoas, onde estão muitos dos nossos amigos e, muitas vezes, nós mesmos, que a propaganda enganosa mais atua. ”

Eu JAMAIS vou desistir de lutar pelo que eu quero e vocês?! :)

Beijocas e boa semana!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...